Você vai perder a oportunidade de garantir sua vaga no concurso da TRF 4?

Você vai perder a oportunidade de garantir sua vaga no concurso da TRF 4?

Concurso Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF 4) tem edital publicado! Confira AQUI todos os detalhes do edital e saia na frente com dicas incríveis para você garantir sua vaga e atingir o resultado que deseja.
em 31 Maio 2019
Início > Blog > Você vai perder a oportunidade de garantir sua vaga no concurso da TRF 4?

Olá concurseiros!

Tudo bem?

Venho trazer uma novidade pra vocês ...

O edital do concurso do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (Concurso TRF4) foi publicado!

Finalmente né!?

Temos vagas para nível médio e superior.

A banca examinadora responsável é a Fundação Carlos Chagas.

 

CARGOS

 

Cargos TRF4

Segundo dados informados, o TRF 4 possue um total de 298 cargos vagos no quadro de Técnico (Nível Médio) e Analista (Nível Superior).

Como o edital TRF4 oferta vagas apenas para Cadastro de Reserva, isso indica a possibilidade de que o órgão possa fazer muitas noemações.

Nível superior

  • Analista Judiciário – Área Judiciária;
  • Analista Judiciário – Área Judiciária – Oficial de Justiça Avaliador;
  • Apoio Especializado – Sistema de Tecnologia da Informação;
  • Apoio Especializado – Infraestrutura em Tecnologia da Informação.

Os candidatos interessados em uma das vagas ofertadas para o cargo de analista devem ter formação em Nível Superior na área específica do cargo.

A remuneração inicial da carreira é de R$ 12.455,30, mais benefícios.

Nível médio 

  • Técnico Judiciário – Área Administrativa;
  • Técnico Judiciário – Área Administrativa – Segurança e Transporte;
  • Técnico Judiciário – Apoio Especializado – Tecnologia da Informação.

Os candidatos interessados em uma das vagas ofertadas para o cargo de técnico devem ter formação em Nível Médio e, dependendo do cargo, curso técnico na área específica do cargo.

A remuneração inicial da carreira é de R$ 7.591,37mais benefícios.

 

DISTRIBUIÇÃO DOS CARGOS:

Tribunal Regional Federal da 4ª Região

Analista:14 cargos vagos
Técnico: 58 cargos vagos

Seção Judiciária do Rio Grande do Sul

Analista: 54 cargos vagos
Técnico: 56 cargos vagos

Seção Judiciária de Santa Catarina

Analista: 10 cargos vagos
Técnico: 31 cargos vagos

Seção Judiciária do Paraná

Analista: 36 cargos vagos
Técnico: 39 cargos vagos

 

INSCRIÇÃO NO CONCURSO 

 

Inscrição no concurso

Os interessados devem se inscrever na página da banca organizadora (FCC) Fundação Carlos Chagas.

As inscrições vão de partir de 03 de junho a 29 de junho de 2019.

O valor da taxa de inscrição é de R$ 61,00 (Nível Médio) e  R$ 71,00 (Nível Superior)

Para mais informações e detalhes do concurso clique nos links abaixo:

EDITAL TRF4.

 

PROVAS DO CONCURSO

 

Provas do concurso

Os candidatos inscritos no concurso TRF4 serão avaliados a partir da aplicação da aplicação de uma prova objetiva que está prevista para acontecer no dia 4 de agosto de 2019.

De caráter eliminatório e classificatório, as provas serão compostas de 50 questões e terão duração máxima de 4h30min.

Além disso, os candidatos responderão a uma prova discursiva composta por um Estudo de Caso para os cargos de Nível Superior e uma Redação para os cargos de Nível Médio.

Apenas os candidatos ao cargo de Técnico Judiciário da área de Segurança e Transportes passarão pelo Teste de Capacidade Física.

 

Provas Objetivas

As provas objetiva, discursiva e estudo de caso serão aplicadas no dia 4 de agosto de 2019 em horários distintos.

No turno da manhã, prestam as provas do concurso os candidatos aos cargos de Técnico Judiciário.

Pela tarde, é a vez dos candidatos aos cargos de Analista Judiciário.

 

PROVAS DE CADA CARGO

 

Conteúdo de cada cargo

Cargo Analista Judiciário – Área Judiciária

Conhecimentos Gerais – 20 questões com peso 1

  • Português – 16 questões
  • Raciocínio Lógico Matemático – 04 questões

Conhecimentos Específicos – 30 questões com peso 2

Estudo de caso – 2 questões discursivas com peso 1

 

Cargo Analista Judiciário – Área Apoio Especializado

Conhecimentos Gerais – 20 questões com peso 1

  • Português – 10 questões
  • Raciocínio Lógico Matemático – 05 questões
  • Noções de direito – 05 questões

Conhecimentos Específicos – 30 questões com peso 2

Estudo de caso – 2 questões discursivas com peso 1

 

Cargo Técnico Judiciário – Área Administrativa

Conhecimentos Gerais – 20 questões com peso 1

  • Português – 16 questões
  • Raciocínio Lógico Matemático – 04 questões

Conhecimentos Específicos – 30 questões com peso 2

Redação – 1 questão discursivas com peso 1

 

Cargo Técnico Judiciário – Área de apoio especializado

Conhecimentos Gerais – 20 questões com peso 1

  • Português – 10 questões
  • Raciocínio Lógico Matemático – 05 questões
  • Noções de direito – 05 questões

Conhecimentos Específicos – 30 questões com peso 2

Estudo de caso – 2 questões discursivas com peso 1

 

Cargo Técnico Judiciário – Área Administrativa

 

Conhecimentos Gerais – 20 questões com peso 1

  • Português – 10 questões
  • Raciocínio Lógico Matemático – 05 questões
  • Noções de direito – 05 questões

Conhecimentos Específicos – 30 questões com peso 2

Estudo de caso – 2 questões discursivas com peso 1

 

DICAS DO QUE NÃO FAZER NA HORA DE ESTUDAR PARA CONCURSO

 

Dicas do que não fazer na hora de estudar para concurso

# OVERDOSE DE CONHECIMENTO

Cuidado com o excesso de informação.

Não estude para a mesma disciplina por 3 livros diferentes, por exemplo.

O conteúdo em excesso pode causar uma overdose de conhecimento e isso irá atrapalhar mais que ajudar o seu desempenho.

Escolha um bom livro, faça bastante exercícios de provas anteriores e leia a Lei “seca”.

É uma estratégia simples, porém muito eficaz.

 

# NÃO TENHA O COMPLEXO DE SUPER-HOMEM

O problema com o concurseiro nessa etapa de início de estudo é que ele sofre do "complexo de Super-Homem".

O concurseiro acha que consegue dedicar 12, 14 ou até 16 horas de estudos por dia.

Como se a única coisa importante para a sobrevivência fosse estudar...

Isso poderia até ser engraçado, mas a verdade é que se você não for sincero com você na hora de definir suas horas de estudo.

Então, esqueça os extremos, foque no equilíbrio.  

 

Sucesso e bons estudos.

Até a próxima!

 


Aprenda junto com quem sabe o caminho das pedras e tenha a segurança de estudar certo e de forma organizada!

Treinamento personalizado para ser aprovado em concurso público, ter estabilidade e uma excelente remuneração para viajar pelo mundo e curtir a vida com as pessoas que ama. 

Clique aqui para saber mais! 

 

 


 

Junte-se a mais de
10.000
concurseiros

Entre para nossa lista VIP e receba conteúdo exclusivo e 100% gratuito sobre concursos