7 concursos do TJ para você ficar de olho e dicas quentes para você começar já.

7 concursos do TJ para você ficar de olho e dicas quentes para você começar já.

Tudo que você precisa saber sobre os 7 concursos do TJ que estão abertos e previstos e ainda dicas incríveis para você não perder tempo estudando errado.
em 30 Julho 2019
Início > Blog > 7 concursos do TJ para você ficar de olho e dicas quentes para você começar já.

Olá concurseiro,

Tudo bem com você?

Hoje trago para você várias dicas preciosas para concursos da área jurídica e também oportunidades incríveis de concursos do Tribunal de Justiça (TJ) em todo pais.

São 7 concursos no total, entre os que estão abertos ou previstos...

Você está ponto?

Então vamos lá...

 

NÃO ESPERE O EDITAL SAIR PARA COMEÇAR A ESTUDAR

Aproveite que o edital ainda não saiu (mas pode ser publicado a qualquer momento) para começar aestudar agora.

Nada de esperar o edital sair para começar a estudar...

Quando você começa o estudo após o edital, as chances estão contra você, pois são muitas disciplinas para estudar em pouco tempo e a ansiedade aumenta.

Então, se você está na dúvida de quando começar a estudar, a resposta é JÁ.

E se você quer começar, ou já começou a estudar, mas está perdido sem saber como organizar seus estudos, dá uma olhada neste artigo: https://vpconcursos.com.br/blog/cronograma-de-estudos

Ele foi criado por 4 experientes Coachs da VP Concursos, com um passo a passo simples e seguro de como criar seu cronograma de estudos para otimizar sua preparação e fazer você ter um ganho real em sua produtividade.

 

ORGANIZE SEUS ESTUDOS

Para manter o foco durante a preparação e não se sentir perdido, é essencial se organizar e montar uma grade de estudos com os dias, horários e disciplinas a serem estudadas.

Assim ficará mais fácil de conseguir estudar todo o conteúdo necessário para a prova.

Não estude por várias horas seguidas.

Estudosmostram que a forma mais produtiva de estudar é em períodos de 30 a 45 minutos, fazendo um intervalo de 10 a 15 minutos de descanso.

Intercalar disciplinas também ajuda a manter o foco e aumenta a retenção do conteúdo estudado.

Não é muito produtivo estudar 8 horas de Direito Constitucional seguidas por exemplo.

Melhor intercalar com exercícios (questões de provas anteriores) e outra disciplina como Português.

Evite estudar todas as disciplinas teóricas simultaneamente.

Escolha 2 disciplinas, Direito Administrativo e Raciocínio Lógico, por exemplo, e, quando acabar uma delas, substitua por outra.

Para a disciplina que você acabou a parte teórica.

Faça questões de provas anteriores da mesma banca examinadora de 2 a 3 vezes por semana até o dia da prova.

Quando você faz exercícios de provas anteriores, seu cérebro se esforça mais para recuperar o conteúdo e esse esforço faz com que sua capacidade de memorização aumente muito.

Você pode conseguir as questões de provas anteriores nos sites das bancas organizadoras ou em sites de questões como Questões de Concursos ou TEC Concursos. 

 

ESTUDE A LEI SECA COM EFICIÊNCIA

Somente três tipos questões caem em provas de concursos jurídicos, na fase objetiva:

A) Lei seca, na fase objetiva: (o que inclui a Constituição Federal, códigos, tratados internacionais, leis extravagantes e normas infralegais, como resoluções e decretos);

B) Jurisprudência (o que inclui súmulas do STF e do STJ, jurisprudência publicada em informativos e jurisprudências diversas) ;

C) Doutrina. 

Dentro dessa tríade de assuntos, o que mais cai em provas objetivas: lei seca, jurisprudência ou doutrina?

Com toda a certeza... A lei seca é o tema mais cobrado em concursos jurídicos.

Embora o levantamento tenha considerado concursos de 2017 e 2018, é certo, sem medo de errar, que a média de percentual acima foi semelhante em 2016, 2015, como também é certo que será em 2018, 2019.

Dito isso, a que conclusões óbvias se chega?

Então...

Lei seca é o tema mais cobrado em concursos jurídicos e terá grande dificuldade de aprovação quem negligenciar o estudo dela.

Se por um lado a importância da lei seca é demonstrada por dados estatísticos, por outro é intuitiva a dificuldade quase unânime dos aspirantes cargos públicos em estudá-la.

O que fazer então para vencer essa etapa difícil, monótona, porém muito importante?

É preciso ter estratégia e equilíbrio.

Ninguém terá um bom rendimento em questões de lei seca simplesmente utilizando todo o tempo de estudo para a leitura de artigos a esmo.

E lembre-se: lei seca é algo para se estudar antes do edital publicado, depois do edital na praça, todos os dias e até a véspera da prova.

Para saber mais sobre como estudar a lei seca clique aqui.

 

CONCURSOS PUBLICADOS E PREVISTOS PARA A ÁREA JURÍDICA

PUBLICADOS

# TJCE

O Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) abriu 8 vagas e formação de cadastro reserva de nível médio para técnicos judiciário e administrativo.

A remuneração totaliza R$ 5.077,45. As inscrições devem ser feitas até 20 de agosto e a taxa custa R$ 58. A prova será realizada mo dia 15 de setembro.

A Prova Escrita Objetiva será composta por 70 questões de múltipla escolha. E de caráter classificatório e eliminatório, será composta por uma redação, no gênero dissertativo-argumentativo, com no mínimo 20 e no máximo 30 linhas de produção textual. Para ambas as áreas valerá 20 (vinte) pontos.

Será considerado aprovado na Prova Escrita Discursiva o candidato que obtiver nota igual ou superior a 10, em uma escala de 0 a 20 no total.

Edital TJCE

 

# TJAM 

O Tribunal de Justiça do Amazonas está ofertando 160 vagas para os cargos de Analista e Assistente Judiciário.

As inscrições devem ser realizadas até 21 de agosto e as taxas variam de R$ 90,00 para os cargos de nível médio e R$ 150,00 para os cargos de nível superior.

A remuneração inicial ofertada para os cargos de nível superior é de R$9.428,49, já para os cargos de nível médio é de R$4.840,70. Os servidores terão direito à auxílio alimentação no valor de R$ 1.761,20, além de outros benefícios.

As provas serão no turno da manhã para os cargos de nível superior e no turno da tarde para os cargos de nível médio. A prova objetiva será composta de 120 questões para os cargos de nível superior e de 100 questões para o cargo de nível médio

Edital TJAM

 

# TJAL 

O Tribunal de Justiça do Estado de Alagoas (TJAL) são ofertadas 20 vagas imediatas para o cargo de Juiz Substituto, destinado a candidatos de nível superior em Direito com, no mínimo, três anos de prática jurídica.

A remuneração inicial ofertada para o cargo, de acordo com o edital, é de R$ 30.404,42. Além disso, os candidatos aprovados farão jus ao auxílio-alimentação no valor de R$ 1.520,22.

Interessados poderão se inscrever, exclusivamente pela internet, por meio do site da bancaFundação Carlos Chagas (FCC)  no período de 15 de julho de 2019 a 14 de agosto de 2019.

O valor da taxa de inscrição é de R$ 300 e deve ser paga até a data limite do dia 14 de agosto de 2019.

A prova será aplicadas dia 06 de outubro de 2019

Edital TJAL

 

PREVISTOS

# TJMA 

O Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão (TJMA) oficializou nesta terça-feira, 30 de julho, a contratação da Fundação Carlos Chagas (FCC) para organizar o novo concurso do órgão, com 63 vagas.

De acordo com a assessoria do órgão, o certame ainda está em estudo para definição dos cargos, número de vagas e contratação da banca organizadora.

Em abril, foi publicado, no Diário da Justiça do Estado do Maranhão, o regulamento do concurso público, que visa provimento dos cargos efetivos de servidores do Poder Judiciário. 

O novo certame deve ofertar vagas para nível médio e superior nos cargos de:

Técnico Judiciário

  • Apoio Técnico – Administrativo,
  • Técnico em Contabilidade,
  • Técnico em Edificações,
  • Técnico em Informática – Hardware e
  • Técnico em Informática – Software.

Analista Judiciário​

  • Analista de Sistemas e Desenvolvimento,
  • Analista de Suportes e Redes,
  • Direito,
  • Oficial de Justiça,
  • Psicólogo,
  • Assistente social;
  • Engenheiro Mecânico.

O concurso foi composto de quatro etapas, a depender do cargo: prova objetiva, prova discursiva, prova de digitação e prova de títulos.

 Para  analista judiciário o vencimento inicial é de R$ 8.230,35 e pode alcançar R$ 11.857,29 para técnico judiciário o inicial é de R$ 3.927,72 e pode alcançar R$ 5.658,59.

Edital de remoção TJMA

 

# TJBA 

O Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJBA) divulgou o contrato com a banca organizadora que será responsável pela organização e realização do novo concurso público de provas e títulos.

O Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) foi a banca contratada. O certame vai ofertar 724 vagas.  A remuneração das carreiras varia de acordo com a quantidade de audiências e acordos realizados. 

Já o cargo de Juiz Leigo são para advogados com mais de dois anos de experiência no ofício e registro na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB)

 

# TJMG 

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais está com dois concursos públicos autorizados e as bancas organizadoras já foram definidas.

Para o Tribunal da 1ª Instância, a Assessoria em organização de Concursos Públicos Ltda (AOCP) foi à banca contratada. Já para o certame da 2ª Instância o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC) será a banca responsável pela realização do certame. 

Os concursos terão vagas para nível médio e superior como Oficial Judiciário e Técnico Judiciário.

As taxas de inscrições para nível superior R$ 90 e para nível médio R$ 70.

As remunerações para 1° e 2° instância são de R$ 2.769,46 e pode chegar a R$ 24.439,27 para Oficial Judiciário. E para Técnico Judiciário, é de R$ 4.337,09, podendo chegar a R$ 24.439,27.

 

# TJPA 

O Tribunal de Justiça do Estado do Pará (edital TJ PA) deve publicar um novo edital de concurso público ainda este ano. 

O órgão já tem autorização para organização da seleção, comissão formada e está em fase de escolha da banca. 

As carreiras técnicas abrangem os cargos de Técnico, Analista Judiciário, Técnico Oficial de Justiça, Avaliador (ambos de nível superior) e Auxiliar Judiciário (nível médio).

Atualmente há 488 cargos vagos no órgão, sendo 312 de nível superior (carreiras de analista e oficial) e 176 de nível médio.

Os cargos de analista e oficial têm salários iniciais de R$ 7.320,06. Os aprovados ainda podem receber gratificação de risco de vida, gratificação de atividade externa e adicional de titulação.

Para nível médio, os ganhos mensais iniciais chegam a R$ 3.207,90.

 

BÔNUS: SUGESTÕES DE ARTIGOS PARA VOCÊ LER E MANDAR BEM NOS CONCURSOS DO TJ!

Você quer saber como otimizar seus estudos para concursos jurídicos? Separei 4 artigos muito completos para você!

Então vamos lá...

 

#1 Tudo que você quis saber sobre como estudar certo para Concursos Jurídicos, mas não teve a quem perguntar. Confira nesta entrevista com o Procurador da República Hebert Reis e a Delegada da PF Arryanne. Quer saber mais? Então clica no link para saber mais.

 

#2 O delegado de polícia e consultor VP Concursos Agusto Garcia explica de forma bem completa como fazer um edital esquematizado. Dá uma olhada neste post incrivel clica no link .

 

#3 Quer ser Analista Judiciário mas não sabe por onde começar? Dá uma olhada neste post incrivel feito pelo Advogado da União e consultor VP Concursos Diego Brunno.

Então clica no link e confere.

 

#4 Agora se o seu problema é com as discursivas... Não deixa de conferir o artigo criado pela Procuradora do estado do Parana e consultora VP Concursos Luciana Cunha. Nele você vai saber 5 dicas infalíveis para se dar bem em qualquer prova discursiva e muito mais! Confira essas dicas clicando no link.

 

Até a próxima!

Bons estudos.

 


Projeto Dúvida Zero 3º Edição - Webinário 100% online e 100% Grátis sem hora para acabar!

Aula AO VIVO de perguntas e respostas onde os sócios fundadores da VP Concursos, Vincenzo Papariello e André Wilson, irão dar dicas dicas incríveis para você estudar certo e não perder tempo e dinheiro com tentativas e erros. Clique aqui para saber mais! 

 

 

Junte-se a mais de 30.000 concurseiros

Entre para nossa lista VIP e receba conteúdo exclusivo e 100% gratuito sobre concursos