Camila aprovada em 6 concursos Paris

Descubra como a Camila, saiu de uma frustração com a carreira privada para ser aprovada em 6 concursos públicos!

Confira como foi a trajetória Camila da Silva Milhomem aluna do Consultor Vincenzo Papariello que depois de passar por uma frustração com a carreira privada conseguiu suas 6 aprovações e hoje tem o emprego dos sonhos.
em 07 Junho 2019
Início > Blog > Descubra como a Camila, saiu de uma frustração com a carreira privada para ser aprovada em 6 concursos públicos!

Olá, tudo bem ?

Hoje vou contar para vocês um pouco da trajetória de CAMILA DA SILVA MILHOMEM, aluna do Consultor Vincenzo Papariello

para te mostrar como é possível ser aprovado no concurso de seus sonhos.

Tudo pronto? Vamos lá!​

 

O INÍCIO DA CAMINHADA ATÉ A APROVAÇÃO

Caminhando até a aprovação

Oi, meu nome é Camila Milhomem e fui aluna na VP Concursos antes mesmo de existir a empresa. Cheguei até o Vincenzo, sócio-fundador da VP, por meio de um anúncio nos classificados do Correio Braziliense. Eram meados de 2011 e, convencida pelo meu pai, contratei os serviços de coaching.

Confesso que, no início, fiquei um pouco assustada com o valor da taxa de sucesso e com o preço da mensalidade, mas, após minha curta trajetória para alcançar a aprovação e depois de receber meu primeiro contracheque recheado, percebi que valeu a pena cada centavo.

Quando ainda estava na faculdade, tive a experiência de trabalhar por 3 (três) meses na Ambev e percebi que não queria isso para minha “vida adulta”.

Não ter horário para sair ou ter que trabalhar no final de semana não era para mim.

Apesar dessa experiência ruim, desejava ser trainee em uma grande empresa e, segundo meus planos, prestaria concurso após meus 30 (trinta) anos e estabilizaria minha vida.

Os planos, todavia, não seguiram como imaginei.

A frustração de chegar à entrevista final de um processo seletivo, após mais de 5 (cinco) etapas avaliativas, e não saber o motivo da reprovação me deixou completamente desmotivada.

 

O ESTUDO E A CONSULTORIA

Estudante e consultor

O estudo para concurso foi, portanto, antecipado, pois sabia que era algo que dependia apenas de mim, sem discricionariedade do “avaliador”.

Paralelamente à participação nos processos seletivos de trainee, por exigência do meu pai, já estudava para concurso, mas meus estudos não rendiam, não conseguia organizar meu tempo e não sabia o que estudar, como fazê-lo e nem onde buscar o material necessário.

Foi nesse momento que, após conversar com o Vincenzo, decidi contratar a consultoria e vi meu desempenho e rendimento mudarem de imediato.

Comecei a consultoria já para o concurso do Senado Federal, um passo ousado pela dificuldade, concorrência e exíguo tempo que possuía, já que comecei a estudar com o Vincenzo apenas após a publicação do Edital.

Os estudos começaram em dezembro/2011 e, em fevereiro/2012 fiz a prova, tendo obtido o excelente resultado de não ter minha redação corrigida por 1 (um) ponto – ok, na época não considerei o resultado nem de longe excelente, mas hoje, depois de todo o percurso, vejo que foi um resultado e tanto.

Os estudos continuaram e, em junho/2012, fiz o concurso para analista da Controladoria Geral da União (CGU), sem dúvida o mais difícil.

Prova sábado à tarde e domingo o dia inteiro. Foi tanto cansaço que saí da prova no domingo vendo um monte de bolinhas pretas....

Mas estava preparada e fui aprovada!!

Nem acreditava.

Por mim, já teria parado de estudar naquele momento.

Aí o Vincenzo foi mais uma vez essencial na minha trajetória , ele não só não me deixou parar de estudar como me convenceu a fazer o concurso da Câmara, cujo edital saiu 2 (dois) meses após a prova da CGU.

Afinal, a batalha só acaba quando termina.

E, como não passei nas vagas na CGU, não tinha nenhuma certeza de que seria nomeada – e, de fato, não fui. Imagina se eu tivesse parado os estudos...

A ANÁLISE DO EDITAL QUE LEVOU Á UM RESULTADO IMPRESSIONANTE!

Análise do edital

Uma das coisas que mais me impressionou no coaching foi a análise minuciosa e precisa feita do edital.

O edital do concurso da Câmara, que seria feito pelo Cespe, foi bem peculiar: a parte discursiva valia praticamente o mesmo tanto de pontos da objetiva. Gabaritar uma prova objetiva do Cespe, em que uma questão errada aluna uma certa, é impossível, mas gabaritar a discursiva é completamente possível.

E foi nisso que o Vincenzo focou: fiz tanta discursiva que fiquei craque! Tão craque que não gabaritei as redações por 2 (dois) erros de português.

E o resultado disso?

Tirei a nota de corte na objetiva e fiquei classificada para mais de 1000 na posição. Com a correção das redações quase 900 posições. Fiquei classificada em 183.

O resultado foi tão impressionante que, nos fóruns de concurso, achavam que eu era “peixada”...hehe.

Mas foi “apenas” fruto de uma análise detalhada do edital, que eu jamais faria, de uma orientação adequada e de muito, muito estudo.

Isso tudo com apenas 10 (dez) meses de estudo.

Continuei estudando e consegui mais aprovações: analista e técnico do MPU e analista e técnico do CNJ.

Foram 6 (seis) aprovações no total! Fantástico, né?

Hoje sou analista da Câmara dos Deputados e tenho uma vida de sonho: trabalho na área que eu gosto, ganho muito bem, tenho flexibilidade de horário e férias!

Não podia ser melhor!

E essas conquistas foram fruto de muito estudo, potencializado por uma orientação excelente.

________________________________________________________________________________________

QUAL SONHO VOCÊ VAI REALIZAR EM 2019 QUANDO PASSAR EM CONCURSO PÚBLICO?
O melhor presente que você pode dar a você e a sua família é uma vida segura e de sonhos realizados para sempre. Veja como nossos alunos conseguiram issocomo passar em concurso público com coaching para concursos

Junte-se a mais de
10.000
concurseiros

Entre para nossa lista VIP e receba conteúdo exclusivo e 100% gratuito sobre concursos