Homem com nova mentalidade

Descubra os truques que você precisa saber para desenvolver uma mentalidade de aprovado

Descubra como desenvolver uma mentalidade de aprovado e alcançar resultados incríveis na hora da prova!
Escrito Por
ALEXANDRE KAJIHARA
em 06 Maio 2019
Início > Blog > Descubra os truques que você precisa saber para desenvolver uma mentalidade de aprovado

Depois de incontáveis DIAS, MESES, ANOS dedicados aos estudos.

Na “hora H”, no dia da prova, bate uma insegurança, uma sensação de não se ter certeza sobre o que se está fazendo.

E quem nunca passou por isso né!?

Uma vontade de que todo esse sofrimento acabe o mais rápido possível.

É possível que muitos de vocês já tenham passado por uma situação semelhante, no dia da prova ou mesmo durante os estudos.

A verdade é que somos todos de carne e osso, movidos por sentimentos e emoções.

A boa notícia é que....

Podemos (sou testemunha disso!) diminuir ou até eliminar influência das más sensações no dia da prova, ou durante a nossa preparação.

De forma que possamos empregar o máximo de nosso potencial.

Ficou mais tranquilo agora?

 

PRIMEIRO, O MAIS IMPORTANTE!

Todos sabemos...

De forma intuitiva até, que a preparação para o “Dia D” começa meses, até anos antes da data da prova.

Além do foco em absorver a elevada carga de conhecimentos necessários para a nossa aprovação, se quisermos ser realmente bem-sucedidos, temos de, paralelamente, desenvolver a mentalidade do aprovado.

E o que seria isso?

A mentalidade do aprovado seria a confiança que temos em nós mesmos.

Aquela certeza de que estamos no caminho certo e de que nenhum obstáculo, por mais assustador que possa parecer, é intransponível.

É algo que se constrói dia após dia, e exige disciplina de nossa parte.

Todos os colegas aprovados em concurso com quem converso também tinham seus medos e inseguranças.

E o ponto comum que enxergo em todos é: não deixaram que esses receios os paralisassem, ou que isso causasse hesitação indefinidamente.

Para alguns...

A adrenalina do dia da prova passou a ser até combustível para resistir até o último instante em provas hercúleas.

E nenhum de nós nasce com isso.

Essencialmente, o desenvolvimento dessa mentalidade seria resultado das nossas interações com o mundo.

Consequência de nossas experiências e da forma como lidamos dentro de nossas mentes e de nossos corações.

E com nossos sucessos e insucessos, que acabam por consolidar crenças dentro de cada um de nós.

Um ponto fundamental: não se trata aqui de nos acharmos “a última bolacha do pacote”; de sermos “o cara”, ou de estarmos “acima do bem e do mal”.

Longe disso!!!

Trata-se de nos esforçarmos para sermos, hoje, melhores do que fomos ontem.

De termos responsabilidade sobre nossos erros e acertos; e, especialmente, de canalizarmos nossas energias para aquilo que realmente importa para nós.

 

COMO DESENVOLVER UMA MENTALIDADE DE APROVADO?

 Foco naquilo que podemos controlar

De início podemos facilmente identificar o que NÃO podemos controlar.

E são muitas coisas:

  • Nível de preparação de nossos concorrentes;
  • O dia da publicação do edital;
  • O conteúdo do edital;
  • A eventual alteração da banca examinadora.
  • Os próprios imprevistos que irão ocorrer ao longo do nosso caminho.

Para sermos aprovados, temos tantos trabalhos para serem feitos, que as últimas coisas em que devemos empregar nossas preciosas energias são naquelas que não dependem de nós.

Por vezes nos deparamos com um conhecido que está arrebentando nos simulados, ou que demonstra muito conhecimento sobre os conteúdos de um edital.

Devemos nos preocupar com isso?

Com a fantasia de termos “uma vaga a menos disponível”, frente a tanta excelência?

Certamente, não!

Simplesmente, porque isso não vai mudar nosso resultado.

Neste caso, vale a pena.

Sabendo que o nível da concorrência é alto....

Então “trocar figurinhas” com essa pessoa sobre o que está funcionando para ela e o que tem funcionado para você:

  • Analisar o material de estudo;
  •  Suas estratégias;
  • A colaboração de um coach,
  • Os horários de estudos...

Além disso...

Costumamos (e devemos!) nos manter antenados sobre as notícias que envolvem o cargo dos nossos sonhos!

Mas precisamos encarar as informações com serenidade.

E sempre procurando entender como uma determinada notícia pode influenciar os rumos dos nossos estudos, sem maiores dramas.

Para alcançarmos a aprovação, o que vai fazer a diferença é estudarmos com qualidade, durante o tempo disponível que tivermos!

E para isso...

Vamos precisar de muita energia, que não vale ser desperdiçada com distrações.

 

DICAS PARA DESENVOLVER A MENTALIDADE DO APROVADO

A seguir, apresento a vocês as dicas pelas quais vocês procuraram desde o início deste texto. 

Não se trata de uma “receita de bolo”.

Porque não acredito nisso...

Cada um nós possuí as próprias complexidades, desejos, medos ou anseios.

Seria ingênuo e superficial de minha parte apresentar um passo a passo que servisse e atendesse a todos.

Imagino que algumas dessas dicas que apresentarei poderão ser úteis para você.

Nesse caso, leia-as com carinho e procure empregá-las, dia após dia.

Ok?

Vamos lá:

 

# Cumprir com frequência as metas do seu plano, procurando evoluir sempre

O cumprimento sistemático das metas que você estabelece em seu plano de estudos apresenta várias consequências ótimas para sua preparação.

Além...

De significar que você estudou com qualidade os conteúdos propostos, conseguir atingir com frequência suas metas acaba por construir de forma sólida sua confiança.

É fundamental estabelecer, inicialmente, metas que sejam factíveis e, com o evoluir dos estudos, incorporar metas que o desafiem de alguma forma.

Por exemplo:

Depois de ter conseguido estudar todo um capítulo de uma disciplina, e ter resolvido os exercícios, depois de alguns dias fazer uma revisão desse capítulo e estabelecer uma meta de aumentar em 5% seu total de acertos.

No capítulo seguinte, adotar o mesmo procedimento.

No subsequente, procurar subir para 8%, e assim por diante.

Ou, ao iniciar o estudo de uma disciplina em que se tem dificuldade, procurar vencer capítulo a capítulo dessa disciplina.

Cada meta atingida, em especial se for desafiadora, é um tijolo que irá compor nossa confiança.

E tornará possível a transposição dos desafios que se apresentarem ao longo da maratona de estudos.

 

# Responsabilidade por nossas ações

Acredito que cada um é responsável pelas decisões que toma e pelas ações que pratica em consequência destas.

Já conheci muitas pessoas que atribuíam seus insucessos ou fracassos a terceiros.

Por exemplo: “esse material é ruim”, “o professor da aula é ruim”, “não era para o edital ter saído agora”

Enfim, acho que vocês me entenderam.

Penso que:

Se o material é ruim ► Vou procurar um bom material.

Se o professor é ruim ► Vou procurar um bom professor.

Se o edital não saiu numa hora boa ► Vou me empenhar ao máximo até a data da prova (que é a melhor de eu empregar minhas energias, como foi discutido em item anterior)

Todos nós temos nossos dias bons e os ruins.

Então...

Acho que um dos grandes desafios dessa vida é levantarmos, após um dia péssimo, e seguirmos em frente.

Quanto mais assumimos responsabilidade por nossas ações, tendemos a ser assertivos e a procurar as melhores soluções para nós.

A repetição sistemática dessas ações conscientes nos confere maturidade e serenidade para encarar obstáculos e imprevistos.

 

# Manter o foco no dia da prova

Os dias de prova podem ser muito tensos.

Se você costuma ficar muito nervoso, recomendo estabelecer um “roteiro” do que deve ser feito quando se chega no local de prova.

Um exemplo:

  1. Verificar se minhas canetas funcionam (levar duas, no mínimo)
  2. Ao receber a prova, verificar se todas as questões constam do caderno
  3. Conferir meu nome na prova
  4. Assinar o caderno de respostas.

O foco nos procedimentos que devemos adotar no dia da prova ajuda a nos concentramos em pontos que não podem ser ignorados.

Ao mesmo tempo que nos ajuda a ficar o mais distante possível de pensamentos negativos e limitantes.

 

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Considerações Finais

E AGORA?... MÃOS A ORA!

Espero que as dicas possam ser úteis para você. 

Ajudaram a mim e a muitas outras pessoas.

Elas foram escritas com carinho, pensando em minha própria experiência pessoal.

Não somente nos estudos para concursos, como também na minha vida pessoal e profissional.

Agora....

Bora colocá-las em prática!

Desejo SUCESSO a todos.

“Rir muito e com frequência; ganhar o respeito de pessoas inteligentes e o afeto das crianças; merecer a consideração de críticos honestos e suportar a traição de falsos amigos; apreciar a beleza, encontrar o melhor nos outros; deixar o mundo um pouco melhor, seja por um saudável gesto, um canteiro de jardim ou uma redimida condição social; saber que ao menos uma vida respirou mais fácil porque você viveu. Isso é ter tido sucesso(Ralph Waldo Emerson)

 

Até a próxima!

____________________________________________________________________

SOBRE O AUTOR

ALEXANDRE KAJIHARA

Consultor Auditor Fiscal Tributário Municipal, na Secretaria da Fazenda do Município de São Paulo, desde 2007. Formado em Direito (2017), aprovado no XXIII Exame Unificado da OAB, e em Engenharia Civil (1999); extensão em Finanças pela FIA – Laboratório de Finanças (2003). Aprovado também nos concursos de Analista do Banco Central (2006) e de Analista de Planejamento e Orçamento do MPOG (2003).

_____________________________________________________________________

Aprenda junto com quem sabe o caminho das pedras e tenha a segurança de estudar certo e de forma organizada!

Treinamento personalizado para ser aprovado em concurso público, ter estabilidade e uma excelente remuneração para viajar pelo mundo e curtir a vida com as pessoas que ama. 

Clique aqui para saber mais! 

Junte-se a mais de
10.000
concurseiros

Entre para nossa lista VIP e receba conteúdo exclusivo e 100% gratuito sobre concursos